LBV - DIGA SIM

Quase um mês após ser acusado pela ex-namorada, que pediu para não ter o seu nome divulgado, e autuado por ameaça, lesão corporal e injúria, tendo sido liberado apenas após o pagamento de R$ 10 mil de fiança, o atacante Juninho, de apenas 18 anos, foi indiciado pelos mesmos crimes e agora vai passar a responder na Justiça. A informação foi confirmada nesta terça-feira (07) pela delegada Tereza Nogueira. Responsável pelo caso, ela tinha um mês para concluir a investigação e acabou concluindo que há indícios suficientes para dar continuidade ao inquérito. Assim, o caso agora segue para o Ministério Público.

Segundo o advogado do atacante leonino, Ernesto Cavalcanti, ele e seu cliente ainda vão aguardar a intimação para somente depois traçar uma linha de defesa. Porém, fato é que a base dessa argumentação será tentar provar que a maioria das acusações da ex-namorada do atleta são falsas. A ideia é provar que seu cliente é inocente.  “Essas coisas que ele teria ameaçado ela com uma faca, que a teria mantido em cárcere privado, por exemplo. Como ainda deve demorar mais uns 60 dias, acredito eu, para que ele seja intimado, vamos tratar desses detalhes num momento mais oportuno”, frisou Cavalcanti.

Por último, o Sport assumiu publicamente pela primeira vez, através do seu vice-presidente jurídico, Léucio Lemos Filho, que repudia a atitude de Juninho, mas que com base no objetivo de reintegração, reeducação e recuperação, irá continuar prestando toda a assistência ao jogador. Além disso, que irá estudar alguma forma de punir o atacante internamente.

Publi1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here